Covid-19: Quando realizar o exame?

O Covid-19 é um vírus muito infectante e, até o momento, a única maneira de se prevenir dele é evitar o contato com outras pessoas, optando, quando possível, pelo isolamento social. De acordo com o Ministério da Saúde 80% dos contaminados com o Coronavírus são assintomáticos. Logo, 20% têm sintomas. Estima-se, ainda, que 5% dos pacientes sintomáticos necessitem de UTI, enquanto os outros 15% se dividem entre os que precisam de tratamento para os sintomas — com uso de corticóides e, às vezes, anticoagulantes e antibióticos — ou internação para oxigenioterapia.

Para aqueles que necessitam sair de suas casas, seja para trabalhar ou outras atividades presenciais, as recomendações são: usar máscaras, desinfectar superfícies de trabalho regularmente, higienizar as mãos, não tocar ou cumprimentar outras pessoas e manter o distanciamento social. Inclusive, essas orientações valem também para quem já teve a doença. Ao manifestar os sintomas da doença e buscar um atendimento médico, a pessoa pode se deparar com vários tipos de exames, porém, cada um deles tem um direcionamento.

PCR-RT (Swab nasal)

O PCR-RT serve para detectar a presença do material genético do vírus, com a possibilidade de se positivar, isto é, de ser encontrado do 4º dia ao 8º dia após o início dos sintomas.

Pesquisa de anticorpos IgG ou anticorpos totais

A sorologia e o teste rápido, com coleta de sangue, é voltado para detectar a presença de resposta do hospedeiro para infecção a partir do 8º dia de apresentação de sintomas.

Diretrizes para cobertura do exame:

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) determinou algumas diretrizes para a cobertura dos exames para os beneficiários de planos de saúde, a partir da solicitação médica e do respeito ao tempo ideal para realização dos exames.

PCR-RT:cobertura é obrigatória quando o paciente estiver enquadrado na definição do Ministério da Saúde de caso suspeito ou provável de Covid 19.

Pesquisa de anticorpos: passa a ser também de cobertura obrigatória para beneficiários de planos de saúde se preencherem algum dos critérios abaixo:

  1. Pacientes com Síndrome Gripal (SG) ou Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) a partir do oitavo dia do início dos sintomas
  2. Crianças ou adolescentes com quadro suspeito de Síndrome Multissistêmica Inflamatória pós-infecção pelo Covid-19

A Síndrome Gripal (SG) se caracteriza pelos sintomas de febre, calafrios, dor de garganta, dor de cabeça, tosse, coriza, distúrbios olfativos e gustativos. Além do que foi descrito anteriormente, em crianças também se considera obstrução nasal. Para os idosos, por sua vez, observa-se critérios de agravamento como sincope, confusão mental, sonolência excessiva, irritabilidade ou inapetência. 

Já a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) apresenta falta de ar, desconforto para respirar ou pressão persistente no tórax, oxigenação baixa ou coloração azulada dos lábios ou rosto. Nas crianças, é importante notar também batimentos de asa de nariz, desidratação e perda de apetite.

Ao mesmo tempo que o paciente precisa se encaixar nas situações acima, ele não pode preencher os critérios abaixo:

  • PCR-RT prévio positivo para SARS-CoV-2 (Covid-19);
  • Pacientes que já tenham realizado o teste sorológico, com resultado positivo;
  • Pacientes que tenham realizado o teste sorológico, com resultado negativo há menos de 1 semana (exceto para os pacientes que se enquadrem na opção 2 mencionada acima);
  • Já ter realizado testes rápidos;
  • Pacientes cuja prescrição tem finalidade de rastreamento (screening), retorno ao trabalho, pré-operatório, controle de cura ou contato próximo ou domiciliar com caso confirmado;
  • Verificação de imunidade após vacina.

Outros exames:

A cobertura é obrigatória para avaliação hospitalar ou em unidades de emergência para os exames Procalcitonina, Dímero-D, Pesquisa rápida para Influenza A e B, PCR em tempo real para Influenza A e B, Pesquisa rápida para Vírus Sincicial Respiratório, PCR em tempo real para Vírus Sincicial Respiratório, com intuito de atender pacientes com pneumonia ou síndrome respiratória grave com quadro suspeito ou confirmado de Covid-19.

08/10/2020


  • Novos membros dos Conselhos Administrativo e Fiscal são empossados [08/01/2021]

  • Regulamento da Assistência à Saúde tem alterações a partir de janeiro [14/12/2020]

  • PREAP tem palestra sobre mudanças na previdência do servidor público [01/12/2020]

  • Oficina Natalina encerra programação 2020 do POSAP e do Grupo Renascer [26/11/2020]

  • Aula de Yoga integra programação do POSAP e do Grupo Renascer [09/11/2020]

  • Apego emocional é tema do PREAP de novembro [04/11/2020]

  • SEPREV promove campanha Novembro Azul [03/11/2020]

  • Pedidos de exame e emissão de guias são realizados nos prestadores da rede credenciada [19/10/2020]

  • Palestra Alimentos que previnem o câncer integra programação da campanha Outubro Rosa [15/10/2020]

  • Exames que detectam Covid-19 são oferecidos via SEPREV [08/10/2020]

  • Covid-19: Quando realizar o exame? [08/10/2020]

  • POSAP e Grupo Renascer realizam aula com nutricionista em outubro [07/10/2020]

  • SEPREV promove a campanha Outubro Rosa [28/09/2020]

  • Psicóloga fala sobre benefícios do Mindfulness em encontro do POSAP e do Grupo Renascer deste mês [21/09/2020]

  • Superar medos e fobias é tema de encontro do POSAP e do Grupo Renascer [03/09/2020]

  • Rua dos Ipês, 125 - Jardim Pompeia - 13345-060 - Indaiatuba - SP - (19) 3825-4600 - contato@seprev.sp.gov.br